quinta-feira, 27 de agosto de 2009

“O desejo de ser querido é um dos anseios humanos mais profundos”. – Tom Connellan - Nos bastidores da Disney

Ser querido é tudo o que as pessoas almejam, por isso quem coordena uma equipe deve desenvolver o hábito de dar um feedback positivo sobre o trabalho executado. Quanto ao feedback negativo nem é necessário estender-me nesse ponto, pois quando vemos algo errado eles saltam aos olhos e dificilmente guardamos para nós o comentário.
Todos temos a necessidade de nos sentirmos úteis e importantes, e esperamos que o reconhecimento venha das pessoas ao nosso redor, tanto da parte profissional como pessoal.
Dificilmente o reconhecimento vem, e quando chega, nem sempre é da forma que gostaríamos de ouvir, pois as pessoas pelas quais aguardamos ansiosamente um elogio estão no mesmo nível de ansiedade na expectativa de serem queridos também.
Por vezes as pessoas estão tão machucadas que não conseguem ver nada além do seu sofrimento, quanto mais elogiar alguém.
Quando fazemos bem feito um trabalho solicitado ou algo para agradar a alguém, criamos uma expectativa de que no mínimo vão nos elogiar, ou fazer algum comentário mais entusiasmado sobre a nossa performance.
Pode ser que o comentário venha ou não e quando não vem... ficamos decepcionados.
O segredo para não nos desanimarmos é agir sem esperar por um agradecimento, elogio ou reconhecimento. Mas somente conseguimos pensar dessa forma quando desenvolvemos nossas atividades seguindo o coração.

Thatiana Tondato – Consultora de Empresas e Palestrante Motivacional
Site: www.thatianatondato.com.br

“Paz e Luz”


Jornal: Sol Português - Toronto - Canadá - 28/08/09

Nenhum comentário:

Postar um comentário