sexta-feira, 16 de outubro de 2009

“Meu Planeta Terra”

Observando as notícias sobre tufões, terremotos e tsunamis – imagino se essas são formas da Natureza de “colocar a casa em ordem”.
O que pode ser feito para ajudarmos esse Planeta com tantas belezas naturais, que nos acolhe e propicia colocarmos em prática ensinamentos tão valiosos e universais quanto “amai-vos uns aos outros”?
Para ser encontrado o equilíbrio muitas mudanças devem acontecer ainda e isso é muito parecido com o que se dá em nossas vidas.
Às vezes nos saturamos de ser infelizes, por isso necessitamos buscar forças afim de causar mudanças e até mesmos sermos notados. É como se fosse um grito da nossa alma dizendo: “pare já com isso, você está me machucando”.

Chacoalhamos o nosso mundo, fazemos uma seleção do que é bom ou não, sacudimos a poeira e seguimos em frente mais leves e equilibrados.
Porém no meio desse processo como ficamos? Por vezes desesperados, apavorados e receosos mas há um ponto do caminho onde não há como voltar. Nesse momento é o ideal para irmos além das formas, confiarmos em nós e sentirmos que somos sempre divinamente protegidos e guiados.
A Terra está passando pelo mesmo processo, de encontrar o seu equilíbrio e quanto mais nós estivermos equilibrados mais conseguiremos participar positivamente dessa transformação.
Uma vez li: “ Se nossas mentes estivessem equilibradas não necessitaríamos plantar árvores, pois nem chegaríamos a destruí-las.”
Pense nisso.

“Paz e Luz”

Jornal - Gazeta Lusófona - Lucerna - Suiça - Dez/2009
Jornal - Sol Português - Toronto - Canadá - 16/10/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário