quarta-feira, 7 de outubro de 2009

“Não há melhor lugar que a nossa casa” Filme - O Mágico de Oz

Quando era adolescente morei com minha família em Portugal. Gostei muito de lá viver, e quando as oportunidades da vida nos trouxeram novamente ao Brasil, senti-me um pouco perdida sem saber exatamente qual país era o meu lar. Nessa altura o meu coração também era luso, devido a pessoas incríveis que conheci e me acolheram.
Muitos anos se passaram e de vez em quando voltava essa sensação de não estar no meu devido lugar. Quando moramos em várias casas e não criamos uma conexão com o lugar, podemos ter a sensação de não pertencer a lugar algum. Apesar de morar 17 anos no Brasil, sendo 7 na mesma casa por vezes não me sentia como tal.
Recentemente resolvi mudar isso. Sentei-me, relaxei e me imaginei percorrendo as casas e lugares onde morei e deixei a intuição me guiar. Fiquei surpresa com a quantidade de felicidade eu tive em cada casa e talvez a “vontade de viver novamente esses momentos” não me deixara viver totalmente o presente. Visualizei-me no final saindo desse lugar, deixando um pouco de luz e me direcionando finalmente para o meu lar com o coração leve e a mente tranqüila.
Tive vontade de fazer algumas mudanças na casa, colocar mais cor em alguns lugares e organizar melhor outros. Permiti-me olhar com carinho os objetos e alguns eu mantive, outros consegui colocar na caixa de doação. Em um outro dia imaginei-me criando raízes na casa e decretei que esse é o meu país e o meu lar. Isso não significa que nunca mais mudarei ou até mesmo de cidade, mas me deu a certeza de que onde eu estiver, o meu lar estará comigo.
Parecem simples essas visualizações mas são muito poderosas. Afinal cada um carrega no seu coração o meio em que vive. Aquele que nada encontrou de bom nos lugares por onde passou, não poderá encontrar outra coisa aonde quer que vá.
Cada um encontra na vida exatamente aquilo que traz dentro de si mesmo.
Sei o quanto é difícil não compararmos o lugar onde estamos com o lugar de onde viemos. Mas é possível amar e aceitar a nova cidade por que ela é única com sua cultura e seus habitantes. E se quisermos podemos fazer dessa cidade e da casa onde moramos o nosso novo lar.

Thatiana Tondato – Consultora Empresarial e Palestrante Motivacional
Site: www.thatianatondato.com.br

“ Paz e Luz”
Jornal - Gazeta Lusófona - Lucerna - Suiça - Nov/2009
Jornal - Sol Português - Toronto - Canadá - 02/10/09

Nenhum comentário:

Postar um comentário