quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

“ Amigo é coisa para se guardar do lado esquerdo do peito...” Milton Nascimento

Nessa época de fim de ano recebo muitas mensagens maravilhosas e apesar de não saber o autor escolhi para essa edição de fim de ano um texto lindo falando sobre as amizades, esse ingrediente mágico da vida.

“Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho.
Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras apenas
vemos entre um passo e outro.
A todas elas chamamos de amigo. Há muitos tipos de amigos.
Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.
O primeiro que nasce do broto é o amigo pai e o amigo mãe.
Mostram o que é ter vida.
Depois vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para que ele
floresça como nós.
Passamos a conhecer toda a família de folhas, a qual respeitamos e desejamos o bem.
Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que cruzariam o nosso caminho. Muitos desses denominados amigos do peito, do coração.
São sinceros, são verdadeiros. Sabem quando não estamos bem, sabem o que nos
faz feliz...
Às vezes, um desses amigos do peito estala o nosso coração e então é chamado
de amigo namorado. Esse dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios, pulos aos nossos pés.
Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia
ou uma hora. Esses costumam colocar muitos sorrisos na nossa face, durante o
tempo que estamos por perto.
Falando em perto, não podemos esquecer dos amigos distantes. Aqueles que ficam
nas pontas dos galhos, mas que quando o vento sopra, sempre aparecem novamente
entre uma folha e outra.
O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas.
Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações.
Mas o que nos deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria.
Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam com o nosso caminho.
Cada pessoa que passa em nossa vida é única. Sempre deixa um pouco de si e
leva um pouco de nós. Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada. Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso”
Desejo a você: Muitas Amizades, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade...
“Paz e Luz”

Thatiana Tondato – Consultora Empresarial e Palestrante Motivacional
Site: www.thatianatondato.com.br

Jornal - Sol Português - Toronto - Canadá - 31/12/2010

"Cabe a nós darmos o rumo das nossas vidas”

Adoro dezembro. Um mês repleto de festas, amigo secreto, happy hour...mas principalmente uma época em que os melhores votos de paz, harmonia e felicidade são enviadas às pessoas. Esse é o momento em que o planeta possui as mais altas vibrações de amor.

Com tantas comemorações desejo a todos que ao brindarem:

Bebam a paz
Bebam o amor
Bebam a realização
Bebam a saúde
Bebam a fraternidade
Bebam o carinho
Bebam a satisfação de estarem vivos

Cabe sempre a nós darmos o rumo das nossas vidas...

Que o meu carinho, minhas palavras e meus pensamentos permaneçam com todos vocês.

“Paz e Luz”


Thatiana Tondato – Consultora Empresarial e Palestrante Motivacional
Site: www.thatianatondato.com.br

Jornal - Sol Português - Toronto - Canadá - 24/12/2010

"Sabemos o que somos, mas não o que poderíamos ser." - William Shakespeare

É importante na nossa trajetória buscar nos entender.
Mas o que isso significa exatamente?
Busque, tente entender o que você quer mesmo que descubra que não quer mais, aí parta para outra coisa. Quando se faz algo com a intenção de fazer obtemos outro resultado.
Pode parecer um pouco vago, mas começamos inúmeras coisas já nos colocando na posição de que se não der certo já sabíamos como isso terminaria: em fracasso.
Nem todo mundo está preparado para ter sucesso.
Queremos ser perfeitos e não aceitamos que as falhas fazem parte do caminho, mas são exatamente elas que mostram onde os ajustes são necessários.
Buscamos então outra coisa sem compreender a mensagem anterior. Estamos repletos de informação, mas não sabemos como utilizá-las.
A porta da dúvida se abre e com isso as certezas vão embora...para onde iremos agora?
Conforme buscamos nos entender dando atenção a uma coisa por vez, construímos melhor os caminhos para realizar determinado projeto.
Fazer muitas coisas ao mesmo tempo faz com que nos esqueçamos do mais importante...nós mesmos.
Somente quando nos conhecemos um pouco poderemos vislumbrar aonde podemos chegar e traçar caminhos para nos tornar o ser que imaginamos.

Às vezes o melhor presente que podemos ganhar da vida é passar alguns minutos sozinhos escutando o nosso coração.

“Paz e Luz”

Thatiana Tondato – Consultora Empresarial e Palestrante Motivacional
Site: www.thatianatondato.com.br

Jornal - Sol Português - Toronto - Canadá - 17/12/2010

“ Não ligue para o seu passado...e se ele atender?” Autor desconhecido

Adoro o meu passado afinal ele me trouxe até o dia de hoje.
Entretanto nem sempre pensei desse jeito. Algumas coisas eu gostava outras queria esquecer.
Mas a vida é sábia e somente quando entendi como o passado cria o nosso presente é que comecei a vê-lo de outra forma.
Eu sei, não tem como voltarmos atrás, mas podemos tentar ao menos ter um novo entendimento sobre o que aconteceu. Pense bem, naquela época você não sabia das coisas que sabe hoje e também não tinha a maturidade desse momento.
Por isso abençoe o seu passado.
Você sabia que criamos o nosso futuro com os pensamentos que temos hoje. No que você está pensando agora? É algo que você gostaria de colher mais para frente?
Caso não seja, o interessante é que podemos a qualquer momento parar e reformular quais os nossos projetos para o futuro, ou seja, quais tipos de experiências gostaríamos de ter?
Se você está vivendo muito no passado e isso te deixa triste, lembre-se: ele te trouxe até a esse exato momento e agora você pode escolher o que quiser no menu da vida.
“Paz e Luz”

Thatiana Tondato – Consultora Empresarial e Palestrante Motivacional
Site: www.thatianatondato.com.br

Jornal - Sol Português - Toronto - Canadá - 10/12/2010

“Só vai a falência quem perde o contato com o Divino” – Anônimo

Trabalhando com empresas em dificuldade financeira, muitas vezes quis entender exatamente o que acontecia, qual o motivo ou o porquê da empresa entrar nesse estágio.
Há muitas explicações práticas, incluindo falta de conhecimento de administração e educação financeira porém quando uma amiga me disse a frase: “Só vai à falência quem perder o contato com o Divino”, tudo fez sentido.
Quando nos esquecemos de agradecer por todas as coisas boas que acontecem e por todo o suprimento de alimento, vestuário, por termos um lugar aonde morar e trabalhar, pelas pessoas que estão na nossa vida, pelos amigos, inclusive pelas idéias que chegam até nós... podemos nos perder no meio do caminho e deixar a vaidade e o orgulho nos dominarem.
Por vezes somente quando o império ameaça ruir, nos lembramos que talvez haja algo além da nossa vontade e pode estar nos trazendo de volta a simplicidade.
Caso permitamos, descobriremos a força Divina que há em nós, encontramos saídas e até mesmo pessoas dispostas a nos ajudas.
Se em uma das trilhas perdemos o contato com o Divino, talvez hoje seja um bom dia para construirmos uma ponte até Ele.

“Paz e Luz”

Thatiana Tondato – Consultora Empresarial e Palestrante Motivacional

Site: http://www.thatianatondato.com.br/

Jornal: Sol Português - Toronto - Canadá - 03/12/2010

“Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz” - Madre Teresa de Cálcuta

Na vida sempre podemos fazer escolhas: sorrir ou chorar, ser tristes ou alegres, elevar ou destruir as pessoas com as nossas palavras e pensamentos.
Madre Teresa fazia a sua escolha todos os dias: não deixar ninguém sair da sua presença sem se sentir melhor. Ela foi uma pessoa que realmente resolveu fazer diferença nesse mundo.
Não podemos igualar nossos feitos a ninguém, mas antes de causar esse impacto de amor nos outros, ela deve ter feito um trabalho de amor com ela mesma.
Somente podemos dar o que temos dentro de nós, ninguém dá o que não tem.
Às vezes não sabemos direito como fazer mudanças, mas o simples fato de dizermos que estamos dispostos a fazê-las já é um grande começo e dá início ao processo de transformação.
O mesmo acontece com o perdão, talvez não saibamos como perdoar e talvez não queiramos perdoar. Mas o fato de dizer que estamos dispostos a perdoar dá início ao processo de cura.
Quando estamos felizes queremos ver os outros felizes, por isso crie felicidade à sua volta e verá que é possível dar o melhor de nós em todas as circunstâncias.
Não se preocupe com o resultado, simplesmente aja com amor e ele sempre retornará a você, por vezes de formas inimagináveis!
Esteja pronto para ser surpreendido!
“Paz e Luz”
Thatiana Tondato – Consultora Empresarial e Palestrante Motivacional
Site: http://www.thatianatondato.com.br/

Jornal: Sol Português - Toronto - Canadá - 26/11/2010