segunda-feira, 25 de abril de 2011

"O êxito na vida não se mede pelo que você conquistou, mas sim pelas dificuldades que superou no caminho." Abraham Lincoln

Uma das grandes dificuldades a superar é ultrapassar os limites que nós mesmo nos impomos. Talvez os homens fizessem coisas maiores se não julgassem tantas coisas impossíveis.
Nem sempre é fácil saber como e quando nos limitamos. Mas se não nos sentimos satisfeitos, talvez isso seja mais um sentimento do que falta de alguma coisa material.
Isto significa não apenas buscar ampliar a parte material mas também saber que aquilo que você faz é importante.
Conta-se que certa vez «um jovem procurou seu professor porque se sentia inútil. Não conseguia fazer nada bem. Desejava saber como poderia melhorar e o que devia fazer para que o valorizassem.
O professor sem olhá-lo disse:
"- Sinto muito, mas antes de resolver o seu problema, preciso resolver o meu próprio. Talvez você possa me ajudar." Tirou um anel que usava no dedo e entregou-o ao rapaz, recomendando-lhe:
"-Vá até o mercado. Preciso vender esse anel porque tenho de pagar uma dívida. É preciso que você consiga por ele o máximo, mas não aceite menos do que uma moeda de ouro."
O rapaz pegou o anel e foi oferecê-lo aos mercadores. Eles olhavam com algum interesse, mas, quando ele dizia o quanto pretendia, desistiam.
Quando ele mencionava uma moeda de ouro, alguns riam, outros saíam sem ao menos olhar para ele. Somente um velhinho muito amável explicou que uma moeda de ouro era muito valiosa para aquele anel.
Abatido pelo fracasso, o rapaz retornou à presença do professor dizendo que o máximo que lhe ofereceram foram duas ou três moedas de prata. Ouro, nem pensar!
O dono do anel respondeu que seria importante, então saber o valor exato do anel. Sugeriu que o jovem fosse ao joalheiro para uma correta avaliação.
E fez outra recomendação:
"- Não importa o valor que lhe ofereçam, não venda esse anel."
O jovem, um tanto desanimado, foi. O joalheiro depois de examinar com uma lupa a jóia, pesou-a e disse ao rapaz:
"- Diga ao seu professor que se ele quiser vender agora não posso lhe dar mais do que cinquenta e oito moedas de ouro."
O rapaz teve um sobressalto:
"- Cinquenta moedas de ouro?"
"- Sim", retornou o joalheiro, "Com tempo eu poderia oferecer cerca de setenta moedas. Mas se a venda é urgente..."
O discípulo recusou a oferta e voltou correndo para dar a boa notícia ao professor. Depois de ouvi-lo, o professor falou:
"- Sente-se meu rapaz. Você é como este anel: uma jóia única e valiosa. Como toda a jóia preciosa, somente pode ser avaliada por quem entende do assunto. Por acaso você imaginou que qualquer um poderia descobrir o seu verdadeiro valor?"
Tomando o anel das mãos do rapaz, tornou a colocá-lo no dedo, completando:
"- Todos somos como esta jóia: muito valiosos. No entanto, andamos por todos os mercados da vida pretendendo que pessoas inexperientes nos valorizem."
Lembre-se sempre: ninguém pode nos fazer sentir inferiores sem o nosso consentimento.»

História tirada do livro: As mais belas parábolas de todos os tempos de Alexandre Rangel.

"Paz e Luz"

Thatiana Tondato: Consultora de Empresas e Palestrante Motivacional
Assista o Programa Espaço Algharve no site: www.thatianatondato.com.br

Jornal: Sol Português - Toronto - Canadá - 22/04/2011

Olá como estamos? “ Um homem que quer reger sua própria orquestra necessita dar as costas à platéia” – James Cook – (navegador inglês)

Para mim, reger a própria orquestra significa parar um pouco e prestar atenção em nós. Onde estamos nesse exato momento e o que realmente queremos.
Pode não parece mas sabemos sempre quando algo não está caminhando na direção almejada.
Sentimos um desconforto, porém normalmente não damos muita atenção.
As atividades do dia acabam camuflando esse sentimento e pensamos: “isso vai passar”. Mas a verdade é que não passa e por não termos resolvido essa sensação isso cria ansiedade, angustia e talvez só vamos perceber a essa situação quando estouramos por algo sem importância.
Por incrível que pareça se soubermos aproveitar esse momento de crise, podemos nos centrar novamente e colocar as coisas no eixo.
Entretanto o essencial é conseguir olhar para dentro de você, saber que és o maior milagre do mundo, contar as suas benção e abençoar tudo o que você tem.
Às vezes, nesses momentos em que meu mundo vira de cabeça para baixo recorro a alguns livros e um dos meus favoritos é “ O maior milagre do mundo” de Og Mandino. Não importa a direção escolhida, siga sempre a melhor das bússolas: o seu coração.

“Paz e Luz”

Thatiana Tondato – Consultora de Empresas e Palestrante Motivacional
Assista ao Programa de TV Espaço Algharve acessando o site: www.thatianatondato.com.br

Jornal: Sol Português - Toronto - Canadá - 15/04/2011

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Como estamos? “Se choras porque perdestes o sol, as lágrimas não te deixarão contemplar as estrelas” Anônimo

A reclamação nos rouba muito tempo, diria até um tempo precioso. É um momento em que nada criado se aproveita. Acontece exatamente o oposto, entramos em uma sintonia onde somos “ levados para baixo”. Ficamos mesquinhos e não conseguimos ampliar a nossa visão. Quando a minha visão não consegue ir além daquele ponto onde me encontro gosto de pedir a Deus para me mostrar o que Ele vê. Em pouco tempo me acalmo e realmente consigo ampliar os meus horizontes. Enxergar com uma nova ótica determinada situação nos permite voltar a contemplar as estrelas. Por isso nunca deixe uma situação tirar o brilho e o amor dos seus olhos. Os olhos são a janela da alma e refletem o nosso interior. E afinal sempre atrairemos experiências de acordo com o tipo de pensamento que temos. Talvez agora seja o melhor momento para enxugar as lágrimas e voltar a contemplar as estrelas, a vida. “Paz e Luz” Thatiana Tondato – Consultora de Empresas e Palestrante Motivacional Assista ao Programa de TV Espaço Algharve acessando o site: http://www.thatianatondato.com.br/ Jornal Sol Português - Toronto - Canadá - 08/04/2011

Como estamos? “A arte de escutar é como uma luz que dissipa a escuridão da ignorância”. Dalai Lama

Muitos líderes sabem que escutar é a essência da sabedoria. As pessoas querem ser ouvidas e se sentirem queridas. Muitas situações complicadas poderiam ser evitadas se parássemos para escutar um pouco mais. Você sabe...ouvir além do que está sendo dito. As pessoas querem ser ouvidas e o interessante disso é que na maior parte das vezes aquele que está falando acaba encontrando as respostas que estava procurando. Afinal são as respostas que movem o mundo. É claro que todas as respostas se encontram dentro de nós, mas existe tanto ruído a nossa volta e os pensamentos não param um segundo que dificilmente paramos para nos escutar, então ser ouvido é realmente um presente. Mas e você tem se ouvido? Podemos nos escutar silenciosamente ou prestar atenção nas palavras utilizados por nós e essa é uma pista para percebemos que tipo de experiências estamos criando. Quais palavras você costuma falar? Você gostaria que elas criassem as suas experiências? As palavras e os pensamentos moldam todas as situações na nossa vida e sempre é possível mudar o vocabulário e acrescentar palavras mais otimistas. Todos os dias podemos escolher sorrir ou chorar, amar ou odiar, falar belas palavras ou palavras vazias...e essa escolha determinará o rumo das nossas vidas. “Paz e Luz” Thatiana Tondato – Consultora de Empresas e Palestrante Motivacional Assista ao Programa de TV Espaço Algharve acessando o site: www.thatianatondato.com.br Jornal Sol Português - Toronto - Canadá - 01/04/2011

“ Sucesso é passar de um fracasso para outro sem perder o entusiasmo” – Winston Churchill

Escrever sobre fracasso é algo muito delicado. Um assunto que fazemos questão de deixar de lado. Ninguém gosta de falar sobre seus fracassos, parece nos incomodar um pouco. Quase sussurramos para nós mesmos: “e se descobrirem que eu fracassei?” É muito intimidador, mas podemos ver o fracasso com outros olhos e descobrir que ele pode ser um motivador. Como? Primeiramente, se tirarmos um lição das nossas falhas, isso não será um fracasso. Na verdade o que acaba sendo pior talvez seja o medo de fracassar, e o medo nos paralisa. Ele é pior do que o fracasso em si, pois pode nos derrotar antes mesmo de termos começado. É incrível mas até que você supere o medo de fracassar, suas idéias criativas terão sempre uma barreira para se realizarem. Mas como eliminar esse medo? Talvez o interessante é começar a ver o fracasso com novos olhos. O livro Insight de Daniel Carvalho Luz nos passa exatamente como transformar o fracasso em uma alavanca. “Fracasso não significa que você é um fracassado. Significa que você ainda não teve êxito. Não significa que você tem sido tolo, mas que você tem muito otimismo. Fracasso não significa que você foi desacreditado significa que você estava disposto a tentar. Fracasso não significa que você tem falta de capacidade significa que você pode fazer algo diferente. Fracasso não significa que você é inferior, significa que você não é perfeito. Não significa que você desperdiçou a sua vida, mas que você tem motivos para começar de novo. Não significa que você deve desistir, significa que você deve lutar com mais afinco. Não significa que você jamais alcançará a sua meta, significa que você vai levar um pouco mais de tempo. Não significa que Deus o abandonou, significa que Deus tem uma idéia melhor” Pense nisso e com essa nova forma de pensar desejo que você possa determinar o tamanho e a altura dos seus sonhos. “Paz e Luz” Thatiana Tondato – Consultora de Empresas e Palestrante Motivacional Assista ao Programa de TV Espaço Algharve acessando o site: www.thatianatondato.com.br Jornal Sol Português - Toronto - Canadá - 25/03/2011

"Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe.” (Oscar Wilde)

A vida é muito interessante e sei que às vezes gostaríamos de um manual, e até o recebemos mas ele vem em branco. Então surge a pergunta: como preencher esse manual? Não existe uma regra mas por vezes algumas palavras podem nos dar um direcionamento. Recentemente li um texto interessante comparando a vida a uma viagem de trem e ao percebermos que nem tudo dura para sempre, surge um sentimento de realmente aproveitarmos esse momento, esse presente tão maravilhoso. “Quando nascemos entramos nesse trem e nos deparamos com algumas pessoas que julgamos, estarão sempre nessa viagem conosco: nossos pais. Infelizmente, isso não é verdade. Em alguma estação eles descerão e nos deixarão órfãos de seu carinho, amizade e companhia insubstituível... Mas isso não impede que, durante a viagem, pessoas interessantes e que virão a ser super especiais para nós, embarquem. Chegam nossos irmãos, amigos e amores maravilhosos! Muitas pessoas tomam esse trem, apenas a passeio. Outros encontram nessa viagem, somente tristezas. Ainda outros circularão pelo trem, prontos para ajudar a quem precisa. Muitos descem e deixam saudades eternas, outros tantos passam por ele de uma forma que, quando desocupam seu acento, ninguém nem sequer percebe. Curioso é constatar que alguns passageiros, que nos são tão caros, acomodam-se em vagões diferentes dos nossos. Portanto, somos obrigados a fazer esse trajeto separados deles, o que não impede, é claro, que durante o trajeto, atravessemos com grande dificuldade nosso vagão e cheguemos até eles... Só que, infelizmente, jamais poderemos sentar ao seu lado, pois já terá alguém ocupando esse lugar. Não importa, é assim a viagem: cheia de atropelos, sonhos, fantasias, esperas, despedidas... Façamos essa viagem então, da melhor maneira possível, tentando nos relacionar bem com todos os passageiros, procurando em cada um deles o que tiverem de melhor. Lembrando sempre que, em algum momento do trajeto, eles poderão fraquejar e provavelmente precisaremos entender isso, porque nós também fraquejaremos muitas vezes e, com certeza,haverá alguém que nos entenderá. O grande mistério afinal é que jamais saberemos em qual parada desceremos, muito menos nossos companheiros, nem aquele que está sentado ao nosso lado.Eu fico pensando, se quando descer desse trem, sentirei saudades... Acredito que sim... Separar-me de alguns amigos que fiz nessa viagem. Deixar meus filhos continuarem a viagem sozinhos. Mas me agarro na esperança de que, em algum momento, estarei na estação principal e terei a grande emoção de vê-los chegar com uma bagagem que não tinham quando embarcaram... E ficarei feliz em pensar que colaborei para isso” “Paz e Luz” Thatiana Tondato – Consultora Empresarial e Palestrante Motivacional Assista ao Programa de TV Espaço Algharve acessando o site: www.thatianatondato.com.br Jornal Sol Português - Toronto - Canadá - 18/03/2011

“Tudo o que você tem hoje um dia você quis” - Anônimo

É estranho pensar assim, mas atualmente temos muitas informações sobre a forma como os nossos pensamentos funcionam e atraem as situações que se encaixam no padrão de pensamento criado por nós. O que acontece é o seguinte: os sentimentos desencadeiam os pensamentos e este as palavras que geram as nossas ações. As ações criam os hábitos, estes originam o nosso caráter que por conseqüência forma o nosso destino. Por isso mesmo que você não perceba, tudo o que você tem hoje um dia você quis. Talvez o segredo é entendermos um pouco melhor o que sentimos para alterar o que estamos obtendo e assim mudar o nosso destino. Uma vez ouvi um ditado que dizia o seguinte: “tome cuidado com o que deseja, pois você pode obter e não saber o que fazer com isso”. Realizar um sonho também requer a responsabilidade do que isso acarreta. É importante nos posicionarmos perante o Universo. Dizer que estamos prontos para ter o que desejamos mas também aceitamos as responsabilidades, independentemente do que venha a acontecer. Saiba o que você quer e as suas conseqüências. Esteja pronto e informe o Universo, pois ele está preparado para nós há bilhões de anos! “Paz e Luz” Thatiana Tondato – Consultora Empresarial e Palestrante Motivacional Assista ao Programa de TV Espaço Algharve acessando o site: www.thatianatondato.com.br Jornal: Sol Português - Toronto - Canadá - 11/03/2011

“Se podemos sonhar, também podemos tornar nossos sonhos realidade”. Walt Disney

A cada dia nossas brilhantes mentes sonham e constroem mundos incríveis dentro de nós...mundo de paz, prosperidade, tolerância, amizade...mas acabam encontrando tantos obstáculos que ficam apenas no papel. Sonhar é apenas o começo...é necessário também uma ação positiva. Acreditar no que se sonhou e ter a coragem de agir. Recentemente recebi um texto da Disney inspirador e dedico a todos aqueles que decidiram triunfar. “E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar... Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las. Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução. Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis. Decidi ver cada noite como um mistério a resolver. Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz. Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de as superar. Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tivesse sido. Deixei de me importar com quem ganha ou perde. Agora me importa simplesmente saber melhor o que fazer. Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir. Aprendi que o melhor triunfo é poder chamar alguém de"amigo". Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida". Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser uma tênue luz no presente. Aprendi que de nada serve ser luz se não iluminar o caminho dos demais. Naquele dia, decidi trocar tantas coisas... Naquele dia, aprendi que os sonhos existem para tornar-se realidade. E desde aquele dia já não durmo para descansar... simplesmente durmo para sonhar.” “Paz e Luz” Sol Português - Toronto - Canadá - 04/03/2011

“Saudarei este dia com amor no coração” Og Mandino

Um dos livros mais inspiradores que já li é “O maior vendedor do mundo” de Og Mandino. No começo relutei imaginado que se tratava apenas de um livro sobre vendas. Mas depois descobri se tratar realmente de vendas...vender o nosso sonho a nós mesmos. Confiar que podemos tirá-lo do papel porque se a nossa base não estiver firme, qualquer vento poderá devastar os sonhos. Realizar um sonho tem a ver com autoconfiança, seguir adiante quando tudo parece ir na direção contrária, ter pessoas ao seu lado e saber que sem elas você não sairá do lugar. Tornar um sonho realidade está diretamente relacionado com o amor que você carrega em seu coração. Talvez você terá que verificar o que está colocando dentro do seu coração, porque como disse São Lucas “ a boca só fala do que está cheio o coração”. Não há como dizer e sentir belas palavras quando isso não tem espaço dentro de nós. Og Mandino também nos dá uma pista por onde caminhar: “Saudarei este dia com amor no coração. Amarei o sol porque me aquece e amarei a chuva porque purifica o meu espírito. Amarei a luz porque me mostra o caminho, amarei a escuridão porque me faz ver as estrelas. Receberei a felicidade porque ela engrandece o coração e tolerarei a tristeza porque abre a minha alma. Aceitarei prêmios porque são a minha recompensa e não obstante receberei de bom grado os obstáculos, porque eles são o meu desafio” E assim ele continua até chegar a minha parte favorita: “Em silêncio e para mim mesmo direi “Eu amo você”. Embora ditas em silêncio, estas palavras brilharão em meus olhos, desenrugarão minha fronte e trarão um sorriso a meus lábios...” Desejo que você possa saudar todos os dias com amor no coração e posso garantir que uns serão mais fáceis que outros, porém todos os dias podemos escolher acordar sorrindo ou chorando, alegres ou tristes. Permaneça confiante na sua escolha e a vida sempre lhe mostrará qual o melhor caminho a seguir. “Paz e Luz” Sol Português - Toronto - Canadá - 25/02/2011