terça-feira, 27 de dezembro de 2011

“Assim como os mais belos arco-íris nascem da chuva, as mais belas lições nascem da dor.” Anônimo

Quando era pequena acreditava que as crianças deveriam governar o mundo. Eu achava os adultos muito complicados... um dia cresci e descobri que os adultos são realmente complicados. Vivem no passado com saudades da infância e esquecem de aproveitar o dia de hoje mesmo sabendo que ele também será passado.
Você sabe qual é a maior distância do mundo? É a distância que vai da mente ao coração.
Quando vivemos plenamente no agora é possível unir a mente ao coração e entender as lições desse dia.
Sei que às vezes isso dá medo....enfrentar o presente e estar consciente das escolhas. Mas talvez valha a pena tentar.
Estar presente nesse momento nos permite saber que haverá um arco-íris depois da chuva e que é sempre mais escuro antes de amanhecer, mas logo o sol aparecerá.
Confie no processo da vida.
2012 está chegando...faça seus pedidos ao Universo. Crie felicidade à sua volta e saiba que você é sempre abençoado muito além dos seus sonhos.
“Paz e Luz”
Thatiana Tondato – Consultora de Empresas e Palestrante Motivacional.
Assista ao Programa de TV Espaço Algharve acessando o site: www.thatianatondato.com.br


Jornal: Sol Português - Toronto - Canadá - 23/12/2011

“O maior medo das pessoas é dar um novo passo para em direção a um mundo totalmente novo.” Dostoiévski

As mudanças costumam nos mostrar novas direções porém às vezes temos que nos desprender do conhecido para seguir adiante. E nem sempre isso é fácil... um dia desses, li um livro que comparava a vida a uma viagem de trem...
“ A vida é como uma viagem de trem e essa é uma comparação extremamente interessante, quando bem interpretada.
Interessante, porque nossa vida é como uma viagem de trem...cheia de embarques e desembarques, de pequenos acidentes pelo caminho, de surpresas agradáveis com alguns embarques e de tristezas com os desembarques.
Quando nascemos, ao embarcarmos nesse trem encontramos duas pessoas que, acreditamos que farão conosco a viagem até o fim: nossos pais. Não é verdade pois em alguma estação, eles desembarcam. Mas isso não impede que, durante a viagem, embarquem pessoas interessantes e que serão especiais para nós: nossos irmãos, amigos e amores. Muitas pessoas tomam esse trem a passeio outras fazem a viagem experimentando somente tristezas. E no trem há, também, outras que passam de vagão em vagão, prontas para ajudar quem precisa. Muitos descem e deixam saudades eternas. Outros tantos viajam no trem de tal forma que, quando desocupam seus assentos, ninguém sequer percebe. Curioso é considerar que alguns passageiros que nos são tão caros acomodam-se em vagões diferentes do nosso. Isso nos obriga a fazer essa viagem separados deles. Mas isso não nos impede de atravessarmos nosso vagão e chegarmos até eles. O difícil é aceitarmos que não podemos sentar ao seu lado, pois outra pessoa estará ocupando esse lugar. Essa viagem é assim: cheia de atropelos, sonhos, fantasias, esperas, embarques e desembarques. Sabemos que esse trem jamais voltará. Façamos essa viagem da melhor maneira possível, tentando manter um bom relacionamento com todos, procurando em cada um o que há de melhor, lembrando sempre que em algum momento do trajeto poderão fraquejar e provavelmente, precisaremos entender isso.
Nós mesmos fraquejamos algumas vezes. E certamente, alguém nos entenderá. O grande mistério é que não sabemos em qual parada desceremos. E fico pensando: quando eu descer desse trem sentirei saudades? Sim. Mas me agarro na esperança de que, em algum momento, estarei na estação principal, e terei a emoção de vê-los chegar com a bagagem e o conhecimento que não tinham quando embarcaram. E o que me deixará feliz é saber que, de alguma forma, eu colaborei para que essa bagagem tenha crescido e se tornado valiosa.
Agora, nesse momento, o trem diminui sua velocidade para que embarquem e desembarquem pessoas. Minha expectativa aumenta, à medida que o trem vai diminuindo sua velocidade...
Quem entrará? Quem sairá?
Podemos pensar no desembarque do trem, não apenas como o término de uma história...Mas como o início de um novo caminho
Um caminho repleto de novidades, aprendizado, criatividade e o principal: amizades e muito carinho. Fico feliz em perceber que certas pessoas como nós possui a capacidade de reconstruir para recomeçar. Agradeço muito por você fazer parte da minha viagem, e por mais que nossos assentos não estejam lado a lado......com certeza,o trem é o mesmo.”


“Paz e Luz”

Thatiana Tondato – Consultora Empresarial e Palestrante Motivacional
Assista ao Programa Espaço Algharve – falando sobre moda, motivação e empresas – pelo site www.thatianatondato.com.br

Jornal: Sol Português -Toronto - Canadá - 16/12/2011

“ Nunca deixe de tentar” - Michael Jordan

Você já imaginou se pudesse realizar os sonhos? Não apenas os desejos materiais mas aqueles que se encontram bem guardados no seu coração?
O que te impede?
Quando paramos para pensar nisso encontramos vários motivos para não sair do lugar: é difícil, é impossível, não possuo as características necessárias, e assim por diante.
Por vezes já tentamos tanto e não deu certo que acabamos desistindo de vez.
Mas o Universo adora nos surpreender... e às vezes algumas pessoas são colocadas nos nossos caminhos para voltamos a acreditar em nós mesmos.
Quando isso acontecer, agradeça por esses momentos.
Um dia ouvi uma história bem interessante sobre esse assunto:
“Era uma vez um homem que tinha dois potes para água e ele os transportava nos ombros, cada um pendurado numa ponta de um cabo de madeira. Um dos potes era rachado e, quando o homem voltava para casa, estava sempre pela metade, pois a outra metade da água se perdia pelo caminho.
O pote rachado se sentia envergonhado, por nunca conseguir fazer o serviço direito. Além disso, era humilhado pelo outro pote, que se mostrava orgulhoso de seu desempenho.
Depois de algum tempo, não suportando mais aquela situação, o pote rachado disse ao homem que era melhor deixá-lo de lado e arrumar outro pote que conseguisse fazer o serviço melhor do que ele.
E o homem disse ao pote:
- Hoje, quando formos novamente buscar água quero que você veja o caminho de volta.
E assim o fizeram. O pote então observou que em todo o caminho do seu lado havia flores, ao passo que do outro lado, o do pote inteiro nada havia.
O homem explicou ao pote:
- Eu sempre soube do seu defeito e resolvi me aproveitar dele. Assim, plantei sementes de flores do seu lado e, cada dia, enquanto eu volto do riacho, você as rega. Por dois anos eu tenho sido capaz de colher estas lindas flores para decorar a mesa. Se você não fosse do jeito que é, nunca iria ter esta beleza para agraciar a casa.”




“Paz e Luz”



História tirada do livro “ As mais belas parábolas de todos os tempo” de Alexandre Rangel



Thatiana Tondato – Consultora de Empresas e Palestrante Motivacional
Assista ao Programa de TV Espaço Algharve acessando o site www.thatianatondato.com.br





J
ornal: Sol Português – Toronto – Canadá – 09/12/2011

“ O segredo do sucesso é a constância do propósito” – Benjamin Disraeli

A maior parte dos nossos sonhos não se realiza porque desistimos rápido demais deles. Na verdade gostaríamos de vê-los concretizados em um passe de mágica.
Mas não é assim que acontecem as coisas no Universo.
No Universo não há desperdício de tempo, então tudo aquilo que puder ser utilizado para a nossa evolução será aproveitado.
O sonho é uma grande matéria prima para aprimorar a paciência, a harmonia, a ação positiva, a iniciativa e superar a inércia.
Temos que aprender o momento certo de agir e também saber quando esperar. Quando falar e quando calar. Qual o momento certo de assumir o controle da situação e quando deixar o tempo mostrar o melhor caminho.
Por isso ao te dar um desejo, o Universo também disponibilizará todas as ferramentas para a sua concretização.
O quanto você quer aquilo que você quer? Essa é uma pergunta que sempre faço ao leitor.
Ela é muito importante, pois permite analisar as conseqüências dos nossos pedidos e o quanto queremos seguir adiante para vê-los realizados.
Se você já está decidido, siga adiante. Coloque certezas no seu coração.
E como disse Benjamim Disraeli, escritor e político britânico: “ O segredo do sucesso é a constância do propósito”


“Paz e Luz”

Thatiana Tondato – Consultora Empresarial e Palestrante Motivacional
Assista ao Programa Espaço Algharve – falando sobre moda, motivação e empresas – pelo site www.thatianatondato.com.br

Jornal: Sol Português – Toronto – Canadá – 02/12/2011

Para a arte de viver, é preciso saber a arte de ouvir, sorrir e ter paciência... sempre.” Hermann Hesse

Sabe aqueles dias em que você sente que está estagnado? Não sabe para qual lado seguir?
Tenho algo a dizer sobre esses dias...apesar de não parecer, eles são o ponto de mutação, ou seja, uma grande oportunidade para modificar o seu pensamento.
Mas para isso é necessário você deixar o desânimo de lado porque ele sempre acompanha a estagnação. Para romper isso, necessitamos fazer um esforço extra.
Levante, pegue um bom livro e dê uma olhadinha em algumas páginas. Observe se há um jeito de pensar diferente nessas páginas.
Agora coloque o livro de lado, feche os olhos e deixe as informações ganharem sentido.
Esse é um bom jeito de nos sacudir.
Quando estamos nos sentindo sem inspiração esse é o melhor momento para nos renovar. Muitas vezes para começar um novo caminho é necessário deixar alguns conceitos de lado, dar brilho em outros e adquirir novos jeitos de ver a vida.
Ao invés do livro você pode optar por correr, fazer uma caminhada, conversar com algum amigo, ouvir uma música ou simplesmente aquietar-se e perguntar ao seu coração aquilo que você necessita saber.
Como disse Hermann Hesse “Para a arte de viver, é preciso saber a arte de ouvir, sorrir e ter paciência... sempre.”
Ouça, sorria sempre, aja com consciência, tenha paciência e acredite sempre em você.
Que a sua semana seja muito iluminada.


“Paz e Luz”

Thatiana Tondato – Consultora de Empresas e Palestrante Motivacional.
Assista ao Programa de TV Espaço Algharve acessando o site: www.thatianatondato.com.br


Jornal: Sol Português - Toronto - Canadá - 25/11/2011